Como as Leis Estão Mudando Para Proteger os Dados-min

Cibersegurança e Legislação: Como as Leis Estão Mudando Para Proteção de Dados

A proteção de dados é uma grande preocupação nos dias atuais, principalmente dentro de empresas e organizações que armazenam dados de milhares de pessoas.

Por isso, a cibersegurança e a legislação estão em constante evolução e, juntos, possibilitam mais segurança para todos.

Introdução à Interseção entre Cibersegurança e Legislação

O mundo em que vivemos está cada vez mais digital, vivemos no modo “online” tanto para entretenimento quanto para impulsionar a marca que possui ou para quem trabalha.

Com isso, a proteção de dados começou a se tornar uma grande preocupação para todos, mas, principalmente, para empresas e organizações. 

Pensando que as ameaças dos criminosos cibernéticos estão crescendo e se adaptando, também houve um avanço na legislação de cibersegurança, afinal, é preciso garantir a segurança e a privacidade dos dados.

Neste contexto, vemos que a legislação é fundamental para conseguir estabelecer padrões, penalidades e responsabilidades para conseguir lidar com todas as questões relacionadas à segurança cibernética.

A Crescente Importância da Proteção de Dados no Mundo Digital

Sabemos que o avanço tecnológico forneceu diversos benefícios para a nossa sociedade, tanto profissionalmente quanto pessoalmente. 

Mas, como tudo na vida, esse avanço também gerou resultados negativos, como a abertura de portas para vulnerabilidades em potencial – excelente para a ação de criminosos cibernéticos.

Os impactos gerados por um roubo de dados, por vazamentos de dados, dentre outras situações são significativos e podem prejudicar pessoas e empresas de diversas maneiras.

Para uma marca, por exemplo, uma situação como essas citadas pode gerar a perda de confiança e prejuízos financeiros consideráveis. Isso mostra o quanto é importante contar com a proteção de dados neste mundo digital.

Panorama Histórico das Leis de Cibersegurança

Quando falamos de história, é datado que o desenvolvimento das leis de cibersegurança começaram a existir entre os anos 70 e 80, que foi quando as primeiras legislações começaram a focar nos crimes cibernéticos e outros tipos de fraude.

Hoje, algumas décadas depois, o uso da internet é infinitamente maior do que naquela época e, por isso, se tornou ainda mais necessário contar com essas regulamentações.

De Leis Iniciais à Necessidade de Regulamentação Mais Robusta

Conforme a tecnologia foi evoluindo, o mesmo aconteceu com as leis que foram se aperfeiçoando há cada dia.

Assim, conforme os crimes foram evoluindo, o mesmo acontecia com as leis – optando por regulamentações mais robustas no processo.

Hoje em dia, temos leis específicas para casos diferentes, como a lei de invasão de sistema, roubo de propriedade intelectual, lei de proteção de dados pessoais e muitas outras.

Mas, ainda assim, os avanços tecnológicos estão ocorrendo tão rapidamente que até mesmo as leis estão ficando para trás de certo modo.

Exemplos de Legislação de Cibersegurança em Diferentes Países

Abaixo, temos algumas regulamentações famosas pelo mundo.

GDPR na Europa, LGPD no Brasil e Outras Regulamentações Globais

O GDPR, sigla para “Regulamento Geral de Proteção de Dados”, da União Europeia, foi implementado no ano de 2018. A partir dessa regulamentação, foi possível ter mais controle sobre a situação.

É uma das leis mais abrangentes e também rigorosas de todo o mundo. As multas para quem viola essas leis são consideradas pesadas.

Já no Brasil, temos a LGPD que é de grande conhecimento de empresas e colaboradores. A “Lei Geral de Proteção de Dados” teve sua aprovação no ano de 2018 e foi inspirada no GDPR que já estava em vigor neste ano.

Fora essas duas regulamentações, também temos vários outros países pelo mundo que possuem suas próprias leis de segurança de dados pessoais, como o Japão, o Canadá, EUA, etc.

Impacto das Leis de Cibersegurança nas Empresas e Indivíduos

Claro que as legislações geram impacto nas empresas e também para os indivíduos, afinal, é uma lei que precisa ser seguida por todos. Nos primeiros momentos, as empresas buscaram educar seus colaboradores sobre a nova lei, assim como passaram a implementar medidas de segurança cibernética para se adequarem a ela.

Tudo isso, gera um impacto e requer investimento de tempo e dinheiro.

E o impacto maior sempre será para as empresas que lidam diretamente com dados pessoais de outros indivíduos, afinal, eles são responsáveis pelo armazenamento de milhões de informações que devem ser protegidas.

Com isso, também surgiu uma maior necessidade de profissionais de cibersegurança.

Conformidade, Penalidades e Proteção de Informações Pessoais

Para garantir a segurança e estar de acordo com as regulamentações exigidas, é necessário que as empresas adotem práticas voltadas para a proteção de dados e também estarem muito bem preparadas para se defender em possíveis ataques ou até mesmo em casos de vazamento de informações.

Para isso, é essencial que a empresa preze pela conformidade com as leis, evitando ter que arcar com multas que podem gerar grandes prejuízos para o negócio, assim como deve entender quais são as penalidades que podem ser aplicadas e, principalmente, como fornecer a devida proteção para as informações pessoais.

Desafios e Futuro da Legislação de Cibersegurança

Desafios na legislação de cibersegurança estarão presentes no dia a dia da empresa, afinal, estamos em constante mudança na tecnologia e isso requer atualizações também nas leis.

Certamente, o futuro se faz diariamente com tantas novidades surgindo, novas descobertas e possibilidades que podem ser úteis para melhorar a proteção de dados.

Mantendo-se Atualizado em um Mundo Cibernético em Rápida Evolução

Por isso, é importante se manter sempre atualizado sobre as novidades em um mundo cibernético, afinal, a evolução é constante e é muito fácil se perder se não houver o devido conhecimento sobre o assunto.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Copyright @ Rainforest Technologies 2023. All Rights Reserved.